Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MUSICPORTUGAL

APOIAMOS O TALENTO NACIONAL! 🇵🇹

20.03.17

P.P [Partilha.Pessoal] I «Caminhada da Quaresma» - 3º SEMANA (por Tiago)


Tiago Ferreira

«A MUSICPORTUGAL também é um blog que te pode ajudar a refletir nos momentos ideais, por isso ao longo das próximas seis semanas da Quaresma, vou tentar aprofundar o verdadeiro significado dos símbolos batismais da água, da luz e da vida. Quem me conhece sabe que sou uma pessoa muito ligada à religião, e então este ano, tive a bela decisão de partilhar com os meus leitores, o que realmente significa a Quaresma para mim! Procura através destas minhas partilhas pessoais, o verdadeiro significado desta época, e convido-te assim, nestes dias até à Páscoa, a refletir… individualmente, na tua família, com os teus amigos e na tua equipa de trabalho, sobre o que podes renovar, crescendo mais espiritualmente num percurso de partilha, de consciência e de fé.»

 

 

 

3º SEMANA DA QUARESMA

Hoje inicia-se a terceira semana da Quaresma, em que a Palavra de Deus que hoje nos é proposta afirma, essencialmente, que o nosso Deus está sempre presente ao longo da nossa caminhada pela história e que só Ele nos oferece um horizonte de vida eterna, de realização plena, de felicidade perfeita.

O Evangelho, do primeiro dia da terceira semana da Quaresma, «garante-nos que, através de Jesus, Deus oferece ao homem a felicidade (não a felicidade ilusória, parcial e falível, mas a vida eterna). Quem acolhe o dom de Deus e aceita Jesus como “o salvador do mundo” torna-se um Homem Novo, que vive do Espírito e que caminha ao encontro da vida plena e definitiva.»

 

 

TODAS AS SEMANAS APOSTAMOS EM NOVAS TEMÁTICAS PARA ESTA CAMINHADA, QUE GRAÇAS À MUSICPT TEM SIDO MUITO ESPECIAL... NA PRIMEIRA SEMANA FIZEMOS UMA REFLEXÃO ATRAVÉS DE UMA MENSAGEM, NA SEGUNDA SEMANA APOSTAMOS NUMA HISTÓRIA INCLUÍNDO UM BREVE RESUMO DO EVANGELHO, E ESTA SEMANA APOSTAMOS NA COLOCAÇÃO COMPLETA DO EVAGENHO DO DIA, SEGUIDO DE UMA BREVE MENSAGEM SIMBÓLICA.

 

 

EVANGELHO – Jo 4,5-42

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

«Naquele tempo,
chegou Jesus a uma cidade da Samaria, chamada Sicar,
junto da propriedade que Jacob tinha dado a seu filho José,
onde estava a fonte de Jacob.
Jesus, cansado da caminhada, sentou Se à beira do poço.
Era por volta do meio dia.
Veio uma mulher da Samaria para tirar água.
Disse lhe Jesus: «Dá Me de beber».
Os discípulos tinham ido à cidade comprar alimentos.
Respondeu Lhe a samaritana:
«Como é que Tu, sendo judeu,
me pedes de beber, sendo eu samaritana?»
De facto, os judeus não se dão com os samaritanos.
Disse lhe Jesus:
«Se conhecesses o dom de Deus
e quem é Aquele que te diz: ‘Dá Me de beber’,
tu é que Lhe pedirias e Ele te daria água viva».
Respondeu Lhe a mulher:
«Senhor, Tu nem sequer tens um balde, e o poço é fundo:
donde Te vem a água viva?
Serás Tu maior do que o nosso pai Jacob,
que nos deu este poço, do qual ele mesmo bebeu,
com os seus filhos a os seus rebanhos?»
Disse Lhe Jesus:
«Todo aquele que bebe desta água voltará a ter sede.
Mas aquele que beber da água que Eu lhe der
nunca mais terá sede:
a água que Eu lhe der tornar se á nele uma nascente
que jorra para a vida eterna».
«Senhor, suplicou a mulher dá me dessa água,
para que eu não sinta mais sede
e não tenha de vir aqui buscá la».
Vejo que és profeta.
Os nossos pais adoraram neste monte
e vós dizeis que é em Jerusalém que se deve adorar».
Disse lhe Jesus:
«Mulher, podes acreditar em Mim:
Vai chegar a hora em que nem neste monte
nem em Jerusalém adorareis o Pai.
Vós adorais o que não conheceis;
nós adoramos o que conhecemos,
porque a salvação vem dos judeus.
Mas vai chegar a hora – e já chegou –
em que os verdadeiros adoradores
hão de adorar o Pai em espírito a verdade,
pois são esses os adoradores que o Pai deseja.
Deus é espírito
e os seus adoradores devem adorá l’O em espírito e verdade».
Disse Lhe a mulher:
«Eu sei que há de vir o Messias,
isto é, Aquele que chamam Cristo.
Quando vier há de anunciar nos todas as coisas».
Respondeu lhe Jesus:
«Sou Eu, que estou a falar contigo».
Muitos samaritanos daquela cidade acreditaram em Jesus,
por causa da palavra da mulher.
Quando os samaritanos vieram ao encontro de Jesus,
pediram Lhe que ficasse com eles.
E ficou lá dois dias.
Ao ouvi l’O, muitos acreditaram e diziam à mulher:
«Já não é por causa das tuas palavras que acreditamos.
Nós próprios ouvimos
e sabemos que Ele é realmente o Salvador do mundo».»

 

 

«No centro da cena, está o “poço de Jacob”. À volta do “poço” movimentam-se as personagens principais: Jesus e a samaritana.
A mulher (aqui apresentada sem nome próprio) representa a Samaria, que procura desesperadamente a água que é capaz de matar a sua sede de vida plena. Jesus vai ao encontro da “mulher”. Haverá neste episódio uma referência ao Deus/esposo que vai ao encontro do povo/esposa infiel para lhe fazer descobrir o amor verdadeiro? Tudo indica que sim (aliás, o profeta Oseias, o grande inventor desta imagem matrimonial para representar a relação Deus/Povo, pregou aqui, na Samaria).
O “poço” representa a Lei, o sistema religioso à volta do qual se consubstanciava a experiência religiosa dos samaritanos. Era nesse “poço” que os samaritanos procuravam a água da vida plena. (...) Qual é a água que Jesus tem para oferecer? É a “água do Espírito” que, no Evangelho de João, é o grande dom de Jesus. Como é que a mulher/Samaria responde ao dom de Jesus? Inicialmente, ela fica confusa. Parece disposta a remediar a situação de falência de felicidade que caracteriza a sua vida, mas ainda não sabe bem como: essa vida plena que Jesus está a propor-lhe significa que a Samaria deve abandonar a sua especificidade religiosa e ceder às pretensões religiosas dos judeus, para quem o verdadeiro encontro com Deus só pode acontecer no Templo de Jerusalém e na instituição religiosa judaica (“nossos pais adoraram neste monte, mas vós dizeis que é em Jerusalém que se deve adorar”)?
No entanto, Jesus nega que se trate de escolher entre o caminho dos judeus e o caminho dos samaritanos.» (...) FONTE DA MENSAGEM - http://www.dehonianos.org/portal/03o-domingo-da-quaresma-ano-a0/

 

A vida é dom. “Se conhecêsseis o dom de Deus!”, diz Jesus à mulher de Samaria. Deus é alguém que oferece um presente, é o seu modo de fazer aliança connosco. Ele faz-nos viver porque é nosso Criador. Ele faz-nos reviver porque é nosso Salvador. Ele faz-nos viver com Ele e com os nossos irmãos porque é o Espírito que faz a nossa comunhão. Saibamos apreciar estes presentes, saibamos provar o seu sabor. A vida, recebemo-la… que presente! É preciso que a demos… em troca! Nesta semana, procuremos aprofundar esta relação que somos convidados a viver com Deus e com os nossos irmãos. Não sejamos daqueles “mimados” que já não sabem apreciar o que se lhes dá! Não sejamos daqueles “avarentos” que já não sabem o que é oferecer!

 

17021579_1296295370466709_5801618573997282182_n.pn

 

No próximo domingo fica atento ao nosso blog, pois vamos continuar a fazer desta Quaresma um caminho que nos conduza á mudança! A uma mudança de interior, que nos liberta de tudo aquilo que nos afasta de Deus.

Partilha comigo os teus pensamentos pessoais... o que quiseres! Está à vontade. Afinal de contas, todos temos o direito de poder fazer as nossas PARTILHAS.PESSOAIS!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.