Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MUSICPORTUGAL

Um novo conceito de Música / A new concept of Music

(INFONEWS) “Live At Fillmore East 1968” dos The Who remasterizado e reeditado a 20 de Abril

Os The Who estavam então em Nova Iorque a terminar uma longa digressão no dia 4 de Abril de 1968, o dia em que Dr. Martin Luther King foi assassinado. A América já era um país dividido entre manifestações anti-Vietname, protestos pelos direitos civis e o militante ativismo estudantil. Tendo este ambiente agitado como contexto, nos dias 5 de 6 de Abril de 1968 os The Who deram dois concertos lendários no lendário Fillmore East, em Manhattan.

 

Ambos os concertos foram gravados pelo agente do grupo, Kit Lambert, com o objetivo de lançar o disco ao vivo como sucessor do quarto álbum, “The Who Sell Out” e antes de “Tommy”. No entanto, o desastre abateu-se quando se descobriu que devido ou a uma falha do equipamento ou a um erro humano, apenas uma parte da primeira noite foi captada. Felizmente, a segunda noite foi gravada e foi agora restaurada e misturada na sua totalidade pelo engenheiro de som de longa data dos Who, Bob Pridden (que foi o responsável pelo som da banda nessas duas noites em 1968) a partir das gravações originais em fita. Para celebrar o 50.º aniversário desses concertos lendários, as gravações inéditas serão editadas num duplo CD e num triplo vinil.

 

Graças a um acetato que chegou ao mercado pirata no início dos anos 1970, a reputação dos Who como um dos melhores grupos ao vivo cresceu rapidamente. O espetáculo é considerado pelos fãs como o “santo Graal” dos concertos dos Who, sendo equiparada ao lendário álbum “Live at Leeds”. As gravações foram meticulosamente remasterizadas para garantir a melhor qualidade sonora e vão aumentar ainda mais a reputação dos The Who como o melhor grupo ao vivo da sua geração.

 

Estas edições em 2CD e 3LP incluem três temas de Eddie Cochran, “My Way”, “Summertime Blues” e “C’mon Everybody”, sendo que esta última versão dos Who nunca foi editada até hoje.

 

Esta reedição também inclui uma versão rara de “Fortune Teller”, composta por Allen Toussaint e gravada originalmente por Benny Spellman, mas que ficou célebre pelos The Rolling Stones. Estes concertos incluem ainda temas como “Tattoo” e “Relax”, do álbum “The Who Sell Out”, bem como surpreendentes versões alargadas de “A Quick One” e “My Generation”, que se transformam numa jam de 30 minutos.

 

Simultaneamente, será também reeditado a 20 de Abril o álbum de estreia a solo de Pete Townshend, “Who Came First”, lançado originalmente em 1972. Para celebrar o 45.º aniversário, o álbum será lançado numa versão alargada de 2CD com oito gravações inéditas, novas misturas, versões alternativas e temas gravados ao vivo. Esta edição traz ainda um booklet de 24 páginas com fotografias raras de estúdio, um poster original do lançamento do álbum e novos textos do músico.

 

Who Came First” foi remasterizado por Jon Astley, colaborador de longa data de Pete Townshend e dos The Who, recorrendo às gravações originais. O CD1 consiste na versão remasterizada do álbum e o CD2 inclui os temas inéditos, versões alternativas e gravações ao vivo.

 

THEWHO.png